terça-feira, 6 de janeiro de 2009

CIDADE DA CULTURA OU CULTURA DO COMÉRCIO?

CIDADE DA CULTURA OU CULTURA DO COMÉRCIO?

Por Cleberton Santos

Qual a relação entre a “verdade da arte” e a “verdade da realidade”? Nenhuma. Infelizmente, na cidade de Feira de Santana ainda existem muitas pessoas (inclusive muitos artistas!) que ainda não compreendem essa noção básica de estética.

O Projeto Travessia Poética, uma idealização e realização dos poetas e professores Adriano Eysen (UNEB) e Cleberton Santos (UEFS), apresentou sua 2ª Edição na Cidade da Cultura, no dia 19 de dezembro de 2008 (sexta-feira), colocando o público feirense em contato direto com a poesia e o pensamento do poeta, jornalista, folclorista, ensaísta e cordelista Franklin Maxado, grande nome da Literatura Nacional.

Mas, meus caros leitores, a baixa formação estética de nossa sociedade é motivo de várias distorções no comportamento das platéias brasileiras. As pessoas continuam confundindo o mundo da ficção poética com o mundo dos fatos reais, e assim tomam como elogio ou ofensa as palavras pronunciadas pela boca dos artistas que estão no palco.

Mas não quero falar aqui de teorias literárias e muito menos de teorias estéticas, pois para isso existem as disciplinas escolares de todos os níveis.

Quero denunciar a CENSURA sofrida pelo Projeto Travessia Poética no espaço que seria o templo do artista, a casa da poesia, o aconchego das artes, refiro-me ao bar CIDADE DA CULTURA, administrado pelo senhor Asa Filho.

Interessado muito mais em agradar alguns clientes mal preparados para ambientes culturais, o senhor Asa Filho interrompeu/censurou a apresentação dos poetas Adriano Eysen, Cleberton Santos e Franklin Maxado, alegando que os textos/poemas e as idéias que estes artistas expressavam incomodavam algumas pessoas da platéia, ou seja, aqueles que são os potenciais consumidores ou como dizem os empresários “aqueles que realmente dão lucro”.

Pois bem, meus caros leitores, diante da censura, os poetas reagiram com indignação e protestos, encerrando o evento com muita tristeza e insatisfação pelo tratamento recebido naquele espaço pelo senhor Asa Filho.

Talvez, o erro tenha sido dos idealizadores do Projeto Travessia Poética por acreditarem na possibilidade de levar boa poesia e cultura de alto nível para ambientes que apenas desejam o lucro fácil e a arte feita por “bobos da corte”.

Bem, nosso Projeto Travessia Poética está de férias, mas em 2009 voltaremos com força total e a sempre renovada fé de que em algum lugar do planeta ainda existem pessoas sensíveis que merecem desfrutar do salutar convívio com os grandes nomes da Literatura Nacional.

Por fim, ecoa fortemente a clássica pergunta: Feira de Santana algum dia será a Cidade da Cultura ou está mal destinada a cultivar a Cultura do Comércio pelo Comércio! Que os Deuses nos ajudem!

Cleberton Santos
Poeta, crítico literário, ensaísta, professor da UEFS e um dos coordenadores do Projeto Travessia Poética.
Feira de Santana, 21 de dezembro de 2008.

Um comentário:

WEBQUEST - THE INFILTRATED SPIES disse...
Este comentário foi removido pelo autor.